Termina nesta sexta-feira meta de arrecadar R$ 35 mil.                                            

Quem gosta de música popular urbana já deve ter ouvido e escutado o Grupo Fato. Criado em 1994, os músicos fazem arranjos para canções e sotaques de grandes poetas do Paraná e do Brasil. O grupo se define pela “exploração de combinações sonoras pouco usuais como, por exemplo, os sons extraídos dos tamancos do fandango paranaense combinados com instrumentos, objetos, intervenções eletrônicas, programações, samples, efeitos e processamentos”.

Com um vasto histórico de sete álbuns e shows por todo o Brasil e pelo mundo, o Grupo Fato lançou um novo desafio: finalizar um DVD com shows realizados em São Paulo, Curitiba (terra natal) e Rio de Janeiro. Sendo que este último contou com a participação do ator curitibano Alexandre Nero.

A missão de arrecadar fundos termina nesta sexta-feira (21). O objetivo traçado é levantar R$ 35 mil por meio de financiamento coletivo no site Catarse. Até agora foram arrecadados pouco mais de R$ 20 mil. “Os custos de gravação e de viagem da equipe foram pagos com o nosso ‘corpitcho’”, brinca o músico Ulisses Galetto, que pede apoio ao projeto, “agora falta a gente pagar toda a finalização desse material”, complementa.

De acordo com o Fato, todos os que adquirirem recompensas (terminologia utilizada pelo site) acima de R$60,00 irão ganhar também 1 DVD do “belíssimo e premiado documentário “A Linha Fria do Horizonte”, de Luciano Coelho, que aborda a música do sul do Brasil, Argentina e Uruguai”.

Os músicos divulgam vídeos para incentivar as pessoas a participarem do projeto, como o vídeo promocional gravado em Curitiba, no show que contou com Pedro Luís, abrindo o projeto SESI Música 2015, no Teatro Sesi Campus da Indústria. Clique aqui e confira.

Para 2018, além do lançamento desse DVD, o FATO dará início aos trabalhos para a gravação de um novo CD, quatro videoclipes e uma turnê pelo sul do Brasil e Argentina.